Bem vindos/as ao THArmyPT :]
Se gostas de Tokio Hotel e queres estar em contacto com as fãs,então aqui é o sitio certo para conviveres com tais ^^
Se ainda não estás inscrita,de que estás á espera? Faz já o teu registo e diverte-te Very Happy
Se já estás registada,faz o teu Log in e Live every second Razz

A Administração.



 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vem comigo bebé, vem e sê feliz

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 08, 2008 2:49 am

15º Capitulo - O Aluguer

"Mas que porra, tinham que me chatear agora", pensei. Eram 19:30h mais ou menos, não esperava encontrar ninguém.
Contudo, abri a porta. Uma rapariga molata, de cabelos encaracolados e volumosos com uns olhos profundamente castanhos. Bem gira a mocinha!
- Olá, soube que estavam a alugar um quarto.. achas que ainda dá para ver?
- Sim, claro! - agarrei-a pela mão e fui-lhe mostrar o quarto Por acaso, era o meu quarto. Tinha 2 camas, e como aquela casa andava murcha, eu e o Ami decidimos alugar o quarto para ver se mais alguém em casa animava aquilo. Apesar de ter de partilhar o quarto comigo, ela não se importou e quis ficar lá. Óbvio que disse que sim.
- Chamo-me Lilianne, estou no 12º ano no Liceu de Berlim e tenho 18 anos, e tu ?
- Fixe, eu também vou amanhã para o Liceu de Berlim. Fiquei no 12ºA !
- É a minha Turma!
- BRUTAL! - dissemos em coro.
- Mas, como te chamas afinal?
- Ai desculpa, nem disse... eu chamo-me Dannielle!
Ficámos na conversa a arrumar as suas coisas no quarto. Mais tarde, chega Ami. Desci até á cozinha e levei a Dannielle comigo para o conhecer e também conhecer o resto da malta. Reparei em Kat e Nuñez de mãos dadas. percebi logo o que se tinha passado.
Jantámos, até bem animados, e subi para o quarto acompanhada pela Dannielle. vestimos os pijamas e deitámo-nos.
- Posso chamar-te só por Danníe ?
- Sim, todos o fazem!
- Ok, agora diz-me porque raio não largas o telemovel se faz favor! xD
- Ahh, desculpa! xD Eu explico-te. Há uns dias, andava á procura de um quarto e fui dar a uma casa bastante grande, toquei, toquei, e ninguém abiru a porta. Mas uma voz jovem, masculina e linda, pediu que deixasse o meu numero, e eu deixei um papel cokm o número, por baixo da sua porta. Mais tarde mandou-me uma mensagem e temos falado assim. Não sei porque, mas houve algo que me disse para lhe dar o número sem medos! É dos rapazes mais queridos que já vi!
- Eu não tive tanta sorte!
- Então?
Contei-lhe a minha história com o Tom, e ela, ouviu tudo, e não disse uma única palavra durante toda a história.


16º Capítulo - A química

- Bem, esse gajo é um cabrão! Quem é ele Líe ?
- Tom Kaulitz, tão bem conhecido não é ?
- Podes crer! Mas o irmão é mais fofo, embora não seja fan, só conheço uma ou duas músicas.
Falámos um pouco mais e acabámos por adormecer. Esta rapariga era especial. Tão especial! Não sei porquê, mas qualquer o percebia com um simples "Olá".

- Daníe! Acorda molenga!
Ainda era mias dificil acordá-la a ela, do que a mim!
Roupa, banho, maquilhagem, pequeno almoço. Depois de fazer-mos tudo o que tínhamos a fazer, fomos juntas para a escola. Pelo caminho encontrámos a Kat, que fez questão de nos contar tudo o que se tinha passado na noite anterior com o Nuñez. Ela estava tão feliz!
Era 5ª feira e o 1º dia na escola par a Daníe no Liceu de Berlim. Sentia-me na obrigação de a fazer integrar-se bem e de não a deixar dar-se com gente reles (HUMHUMtomkaulitzHUMHUM).
Ainda não conseguia acreditar que o teria de ver depois daquilo que aconteceu. Tinha em mente ter uma conversa com esse grande estupor, mas não sei se o ia fazer.
Após o toque, entrámos na sala. Pouco depois entrou a nossa professora.
-Temos uma nova aluna na turma! Dannielle, podes entrar!
Nesse momento, Bill, que estava na parvoíce com o Tom, parou, e ia hjurar, que se o Tom não estivesse lá, ele caía para o lado!
Daníe foi-se sentar numa das mesas da última fila, a que ficava ao lado da minha e da Kat. Enquanto ela atravessava a sala, era seguida pelo olhar de Bill. Ele também não lhe era indiferente. Houve uma certa química no olhar de ambos que foi evidente durante toda a aula.


* Lilianne e Bill, tratam-se por Bro (brother- irmão) e sis ( sister - irmã)

17º Capitulo - A condição

Já mesmo, mesmo no final da aula, Bill manda-me um papel.
"Preciso de falar, só contigo. Este intervalo, com urgencia, no banco verde ao lado da sala A no pátio!"
Acenei-lhe com a cabeça, em modo de sim.
Quando tocou, arrumei as coisas apressadamente e deixei que o Bill saísse primeiro.
- Onde vais ? Quero falar contigo! - Argumentou a Kat, para que não saísse sem ela.
- Não posso! tenho de ir á repografia tirar umas fotocópias!
- Ok! Depois vens ter connosco ao bar sim ?
- Ya Daníe, vão indo vocês.
Dirigi-me rapidamente para onde tinha combinado com o Bill. Ele estava sentado no banco e batia com o pé no chão acelaradamente, o que demonstrava que estava nervoso. Bastante nervoso.
- Hey Bill'y! Que se passa bro*?
- Sis*, eu reparei que a Dannielle chegou contigo. Ela mora contigo?
- Sim, mas porquê ?
- E ela não te falou por acaso de andar ás mensagens com um rapazinho não ?
- Falou! Hey, Bro, como sabes disso ? Não me digas que...
- Sim, sou eu Sis! Quando ela apareceu á minha porta e eu a vi, foi como se o mundo tivesse parado ali. Senti uma enorme cvontade de a beijar, de correr para os braços dela! Percebi que ela era especial!
- Vais-lhe dizer que és tu, certo?
- Nããããão! Não sou capaz, tu sabes disso Sis! É aqui que entras tu! Sis, por favor, ajuda-me! rette mich, Bitte !
- Bill, tu sabes que eu te amo Bro, mas não quero arranjar confusões com a Daníe! :/
- Vá lá Sis! A sério, eu preciso mesmo da tua ajuda! Eu amo-a, quero mesmo ficar com ela ! Saber que só posso falar com ela por mensagens , mata-me por dentro!
- Se a amas assim tanto... Ok.. mas...
- Tinha de haver um mas ! - dizia Bill, rolando os olhos.
- Mas, tenho uma condição! - continuei eu.
- Vê lá o que me pedes sis! O que eu não faço pela Daníe... olha que eu não sou nenhum super-heroí, tenho limitações, não me peças nada excentricamente excentrico!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 08, 2008 2:55 am

"Excentricamente excentrico " LOOOOOOOOOOOOOOOOL

*_* *_* *_* *_*

*Olhinhos brilhantes e beicinho*

Eu qero mais ... bitte ... assim ... mais ... sim ? : D *cara de criança a pedir um chupa-chupa com a chupeta na boca xD *

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 08, 2008 6:09 pm

18º Capitulo - A chapada

- Bem, a condição, é que não deixes o tom tocar-me, nem sequer aproximar-se de mim, ou falar-me. Achas-te capaz disso?
- WOW! Por causa do que aconteceu ontem não foi?
- Ele contou-te não foi Bro?
- Sim! O meu irmão é tão parvo! ... E fala-se no diabo...- omeçamos a avistar o Tom, um pouco mais á frente, agarrado a uma gaja aos beijos. Eu não me contive e desatei a chorar. O Bill abraçou-me e tentou reconfortar-me. Querido. Tão querido.
- Porque me tinha de apaixonar por ele ? Porquê Bill?
- O coração não escolhe quem ama! Agora limpa bem essa carinha e vamos para as aulas que está a tocar sim?
Fiz o que o Bill me pediu. Lavei a cara no chafariz e fui ppara a sala com ele.
Na sala, o Tom não parava de olhar para trás, a mesa onde estava, e sorria, provocatoriamente. Escrevi um papel e entreguei-o ao Bill. Esta história dos papelinhos estava a tornar-se uma rotina.
" Importas-te de dizer ao teu irmão, cujo nome não quero pronunciar porque me dá nauseas, que se não parar de olhar eu vou-me ver na obrigação de lhe dar um estaladão naquela cara estupida? Se faz favor! "
" Ele disse que gostava de ver isso ! "
Aquele anormal ainda guzava comigo! Lá fora ele ia ver se eu era ou não era mulher de lhe dar um valente tabefe que ele merecia. JUlgava-me com cara de cão que ladra mas não morde, mas enganava-se!
O tempoo parecia não querer passar. Olhava para o relógio do fundo da sala, na parede atrás de mim, vezes e vezes sem conta.
Finalmente tocou, passado um longo tempo de espera! Arrumei as coisas apressadamente e saí da sala. No meio do pátio, onde normalmente estava a maioria dos alunos, esperei pelo Tom. Quando o avistei, chamei-o com um dedo. Quando ele estava perto de mim agarrei-o pelo pescoço.
- Eu sabia que não me ias resistir miúda!
Fiz um sorrisinho sínico, afastei-o e dei-lhe um valente estalo. Ele levou as mãos á cara, e toda a gente olhava admirada.
- Não voltes, nunca mais, a dizer-me nada e muito menos a tocar-me Tom!

19º Capitulo - As explicações

1 Semana. 1 Semana mais se passou. 1 Semana sem ouvir o estupor do Tom falar para mim e sem sentir um toque dele. Tinha de confessar que doía. Doía mesmo. Muito muito. Doía por dentro. Afinal é sempre difícil estar assim com a pessoa que se ama.
Mais o final de um dia.
Preparava-me para ir para casa, quando o Ricky me deteve.
- Hum, Líe, ham, desculpa, posso te pedir um favor?
- Ya Ricky, diz !
- É que tu és tão boa aluna e eu sou pessimo. Achas que me podias dar explicações?
- Eu? Bem... acho que não há problema! Quando pensas começar ?
- Hoje!
- han ? Já ? Si..sim ok, acho que não há problema...
Tom estava a passar naquele preciso momento. Não resistiu a mandar uma boquinha, como sempre!
- Coitadinha da Líe! Está tão gorda que agora só nerds é que lhe pegam!
- Quando chegou a tua vez de me tocar, não te queixaste!
Calou-se e segui viagem.
Gorda? Eu? Aquele anormal chamou-me gorda?
- Olha, Ricky, é melhor começarmos as explicações noutro dia! Não tou de muito bom humor hoje!
- Não devias deixar que aquele anormal te afectasse assim!
- Eu sei, mas ele tem este poder sobre mim!
- Não devia ter! Vá, Começamos amanhã então!
- Sim, não devia ter! Obrigado por compreenderes! Até amanhã Ricky!

20º Capítulo - Os insultos

Caminho para casa. Ia dando chutos ás pedrinhas que me apareciam na frente. Mãos nos bolsos, olhar cabisbaixo. Vagueava pelas ruas sozinha. Tinha saudades deles! O Ami era bom, mas naquelas alturas, não era um irmão durão e insensível como ele de que precisavamos. esbarrei contra alguém. levantei a cabeça de maneira a ver nitidamente quem era.
- Por aqui ainda?
- Sim Darren.
- Noto tristeza no teu olhar! Queres falar amiga ?
- Hum... pode ser!
Fomos até ao parque infantil. Sentámo-nos nos baloiços.
- Vá, conta lá aqui ao amiguinho o que aconteceu!
- Darren, achas-me gorda?
- BEBES-TE ? FOI ?
- Achas ??
- Claro quer não! Que ideia estúpida é essa?
- Eu acho que estou!
- Cala-te ! Gordo estou eu e não me preocupo com isso!
- Tu és rapaz !
- E então ? Estás perfeita assim! Porra líe, conheço-te á 2 anos, nunca tiveste ideias dessas! O que aconteceu?
- Nada, nada! Obrigada Darren, tenho de ir, o Amy e a Daníe, deevem estar á minha espera.
Abandonei o parque e fui para casa.
Jantámos, e eu subi imediatamente para a casa-de-banho. Olhei-me ao espelho. Olhei para o meu corpo, umas 20 vezes. Ao principio achava-me normal para a minha idade. Mas olhei uma vez, e mais outra e maiss outra, e reparei que se não fizesse uma dieta imediata, dias depois, não ia caber na porta!
Comecei a insultar-me. Cada vez gostava menos do que via. Apesar de sempre ter sido uma rapariga com o peso ideal, e o medico ainda á pouco tempo me ter dito que estava bem assim, eu achava-me um monstro! Chameime gorda, vaca, estupida, feia, mais mil e um nomes que se possa imaginar. Olhei para a sanita. Seria aquilo uma solução? Como acontecia sempre comigo naquelas situações, agi sem pensar. Fi-lo. Fi-lo mesmo! Uma vez, não são vezes, não corria o risco de acontcer muito mal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 08, 2008 6:53 pm

=O lili a tua fic está a ficar muito interessante, confeso q á ai uma parte q é igual á minha vida pessoal Crying or Very sad .. bem deixa tar =X !!!

continua fofinha a escrever vais bem, mas n prejudiques a tua saude O^^O pois n é nada bom No
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bang
Addicted
Addicted
avatar

Número de Mensagens : 163
Idade : 21
Localização : *fifar* cOm O gajO *-*
Membro preferido: : Tom Kaulitz
Música/Video : Spring Nicht
Sou fã desde: : ^-^' sei lá x'D
Data de inscrição : 30/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 08, 2008 10:47 pm

Lol estupor
Liliana que horror o Tom vai com todas mas n era preciso insultar dessa maneira
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Seg Jun 09, 2008 1:16 am

21º Capítulo - A tarde

No dia seguinte, sentia-me fraca. Comi uma maça de manha e fui para a escola com a daníe. Não sei como, nem porqu~e, mas ela percebeu que eu tinha feito alguma coisa.
- O que é que andas-te a fazer Líe?
- Eu?
- Sim! Eu senti ontem, que tinhas feito alguma coisa!
- Não fiz nada!
- Não mintas!
- É a verdde Daníe!
Ela nao insistiu mais. Acho que percebeu que não valia a pena! Para não irmos o resto do caminho em silencio, tentei falar do Bill.
- Então, como vão as coisas com o rapaz das mensagens ?
- Quero saber mesmo quem é! É a pessoa mais incrivel deste mundo!
- Pode não ser bem assim!
- É de certeza! Tanto por dentro, como por fora! ninguém assim tão perfeito é feio!
- Pode ser! Olha o Bill por exemplo! ele é giro, lindo...achas que é boa pessoa?
- Sei lá! Não me dou muito com ele!
Ao fundo da rua, vinham Tom e Bill. Bill gritou, de maneira a chamar-me. tanto eu como Daníe, parámos e esperámos a sua chegada. Estava na esperança que o Tom percebesse que estava a mais, mas ele devia ser demasiado atrasado e então tive de ser eu a desarpar dali, mal cumprimentei o Bill.
Esperei pelo toque, sozinha no átrio, e longe do bar. Não podia cheirar comida, podia cair na tentação de comer alguma coisa que me fizesse engordar mais.

Mais um dia de aulas terminado. Esperei pelo Ricky na entrada e fui com ele e com a Daníe para casa. Uma vez lá, trocámos ideias sobre as matérias os 3. Tinha sido uma tarde bastante animada, o Ricky fazia rir imenso. estava tudo a correr bem, até a Daníe falar de um promenor que pensei que ela não tinha reparado.
- Hoje não almoças-te, nem lanchas-te ! Porquê?
- Quem te disse que não almocei?
- Não vieste a casa!
- Nem te vi, na cantina nem no bar! - disse Ricky, ajudando a enterrar-me.
- Não tava com muita fome hoje, mas logo á noite, vamos ter uma grande jantarada. vem cá a Kat, o Yoji, o Darren, o Garver e o Nuñez!
- Espero que comas bem Líe!
- Preocupa-te menos com o que eu como e mais com os teus estudos Ricky!
Continuamos a estudar mais um pouco, e por volta das 19:30h, o Ricky saiu, entrando alguns minutos mais tarde, os rapazes e a Kat.


22º capítulo - O desmaio

Jantámos. Os rapazes e a Kat, deormiram lá por casa. Eu não tinha a certeza, mas acho que o Ami os ia convidar para irem viver lá para casa! Mas achei melhor não dizer nada a ninguém até o Ami falar comigo.
Fui para a casa de banho, logo a seguir ao jantar, e vomitei tudo. Tomei um banho para não se aperceberem, e vesti o pijama. Apareceu a Daníe de repente na casa-de-banho sem bater á porta nem nada.
- Entao? Olhe se eu estivesse nua?
- Não tens nada que eu não tenha! E o teu medo não era seres apanhada nua, mas sim, a fazer alguma coisa!
- Não sejas parva!
- Líe, tans a certeza que não andas a fazer nada? :/
- Sim amiga! Não te preocupes, eu contava-te logo!
Ela saíu, ainda desconfiada, mas eu não queria saber! Ia fazer aquilo durante mais ou menos, só 2 semanas, depois parava e evitava comer muito, ou doces.

1 Mês se tinha passado, desde que começara a vomitar a comida. Decidi perlongar o tempo, em vez de 2 semanas, era 1 mês. Mas desta vez ia parar mesmo.
depois do almoço, não o queria ir vomitar,mas, fiquei mesmo com vontade de o fazer. Tive de correr para a casa de banho e vomitei tudo. O meu organismo estava a rejeitar os alimentos! Saí da casa de banho das raparigas da escola, e, deu-me uma fraqueza, uma tontura, e desmaiei.

Abri os olhos a pouco e pouco, ainda com emdo de onde pudesse estar. As paredes despidas, um pi pi pi irritante e repetitivo, fazia-me ver que estava num hospital. Ao meu lado estava quem eu não esperava ver. A meu lado estava ele, Tom kaulitz, sentado á espera de ver o meu olhar.
- Tom? Tu? Aqui? Porquê?
Ela ficou em silencio. depois começou a gritar.
- LÍE, LÍE! ACORDA LÍE!


Capitulo 23 - A declaração

- VÁ LÁ ACORDA!
Abri os olhos e as paredes despidas e um pi pi pi pi irritante e repetitivo fez-me ver que estava num hospital.
-FOGO LÍE, FINALMENTE! Estava á que tempos a ver-te remexer na cama e a chamar-te, e tu só gritavas pelo estúpido do Tom! - dizia Ricky franzindo a testa!
- Des...desculpa Ricky! Estava a sonhar com ele, infelizmente! - olhei para o chão- porque estou aqui?
- desmaieas-te! Mas tu passas-te ?= Qual foi a tua de apanhares o jeito de vomitar tudo o que comias?
- Que querias que fizesse? EU ESTAVA GORDA!
- NÃO! TU NUNCA ESTIVESTE GORDA!
- ESTIVE SIM! E AINDA ESTOU, O TOM DISSE!
- ESTÁS ASSIM TÃO CEGA DE AMOR POR ELE QUE NÃO VEJAS QUE ELE ESTÁ A METER-SE CONTIGO? QUE ELE NÃO GOSTA DE TI?
- ESTOU DE OLHOS BEM ABERTAS PARA SABER AS COISAS!
- NÃO NÃO ESTÁS LÍE!
- ESTOU RICKY!
- SE ESTIVESSES, JÁ TINHAS PERCEBIDO QUE EU É QUE TE AMO A SÉRIO! QUE EU É QUE GOSTO MESMO DE TI! FODASS* LÍE, VÊ SE PERCEBES QUE TE AMO!
Pegou na mochila dele e saiu do quarto. Fiquei sem reacção. Pairavam tantas perguntas na minha cabeça! Entre elas, uma fazia-se notar. Como tinha eu ido parar ali? Já sabia que tinha desmaiado, e também sabia que sofria de Bolimia, era mais que obvio, mas como tinha ido para lá? Não fui pelo meu pé... lembrava-me agora de alguém. Alguém meio fusco. Na verdade, muito fusco. Para ser sincera comigo mesma, acho que só me lembrava mesmo de uns tenis brancos. Era alguém que vinha na minha direcção. Gritou o meu nome, mas não ouvi bem a voz... depois... depois caí. Quem era ? Quem podia ser? Amanhã ia ver quem era!
- Amanhã? Bebes-te de certeza! Só sais daqui, quando o médico disser, e acho que pelo menos, uma csemana vai demorar!
- Olha lá Daníe, como sabes que eu tava a pensar ir para a escola amanhã?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LittleBilla
Moderadora
Moderadora
avatar

Número de Mensagens : 540
Idade : 24
Localização : Well, o Bill e eu sabemos e isso basta (;
Membro preferido: : Bill Kaulitz (L' - My Life
Música/Video : A Don't Jump 'e a mais especiale (L' mas amo todas :')
Sou fã desde: : 28 de Setembro de 2007 (L'
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Seg Jun 09, 2008 1:26 am

weeeeeeeeeeeeeee!quem será?epah a tua fic deixa me beda curiosaaaaaaa!posta mais tiim tiim?

_________________



Always know that you shine brighter than anyone does...<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel.forumotion.com/
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Seg Jun 09, 2008 11:16 pm

WTF ???

O Tom é tao estupido -.-'

QERO MAIS *_____* Vê lá se nao fazes mais disparates!

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Ter Jun 10, 2008 12:10 am

24º Capitulo - A saída

- É algo que...
- ... não consegues explicar!
- Isso mesmo Líe! É tipo, ...
- ... bué estranho! Eu sei! - disse-lhe olhando-a nos olhos.
Contei-lhe o que tinha acontecido antes de ela entrar, ao mesmo tempo que contava á Kat, que entretando chegara lá também. Davam-me concelhos de que devia ficar com o Ricky, mas eu mal sentia amizade por ele, quanto mais amor.

1 Semana tinha passado, e eu continuava presa na cama do hospital. O Ricky ia visitar-me constantemente, e apoiava-me bastante, tal como a Kat e a Daníe.
- Preciso de falar com a menina Liliana James, queria pedir a todos que saíssem.- dizia o médico, abrindo a porta e apontando lá para fora. Saíram um a um, ficando sózinha com o médico na sala.
- Diga lá o que foi!
- Liliana, eu dou-te alta hoje, mas preciso que me prometas que não vais cair mais nas tretas que te dizem!
- Eu prometo!
- Não ouvi nada!
- Eu prometo!
- Continuo sem ouvir bem!
- EU PROMETO!
- Ahhh, assim está melhor! Estão aqui as tuas roupas. Podes-te vestir e voltar para casa! Toma juízo miúda!
- Vou tomar Sr. Doutor!

25º Capitulo - Os ténis

Finalmente era de manha, não tinha durmido nada, a pensar que iria voltar á escola e ia ver de quem eram os tenis. Eu achava serem do tom, mas, não tinha certeza... seriam mesmo? Fui para a escola mais cedo que o normal. Não esperei pela Daníe, nem pela Kat.
Entrei na escola e fiquei na porta da entrada. Olhava para os pés de todos , á procura dos tais tenis, mas depois um pensamento assombrou-me. E se o dono daqueles tenis não os levasse naquele dia?
Não queria pensar assim, ele ou ela tinha de levar os tenis. Não podia por outra hipotese.
Tocou, ninguém com o tal calçado havia entrado na escola até ao momento. Já estava a julgar que estava tudo perdido.
Cheguei á porta da sala. Estavam lá já o Ricky, a Daníe e a Kat, a conversar.
- Olá Malta!
- Oláá, hoje não esperas-te por nós! - comentou Kat.
- Tinha urgencia, precisava de tirar fotocópias dos teus apontamentos, para não me perder na matéria! A prepósito, toma, o caderno!
- Ok, da próxima diz qualquer coisa, porcaa!
- Posso falar contigo?
- Diz, Ricky!
Puxou-me á parte.
- Eu queria pedir desculpas pela maneira que te tratei no hospital. Fui parvo, ainda por cima, envergonhei-me ao fazer aquela declaração parva!
- Não tens de pedir desculpas, não foi uma declaração parva! Foi uma maneira de demonstrares os teus sentimentos! E prontos, eu entendo que tenhas falado assim, eu tava a ser parva!
- Eu queria-te pedir uma coisa.... esquece, não quero nada!
- Diz...
- Hum, vou dizer tudo de uma vez e não repito... qeres andar comigo?
- Olha, a stora chegou, é melhor entrarmos!
Entrei primeiro que a professora até e sentei-me. Reparei que havia 2 rapazinhos que ainda não tinham chegado. Os Kaulitz. Foi eu ter este pensamento, e eles entrarem.
Afinal foste tu! - pensei ao ver os tenis nos seus pés.

Capitulo 26 - As decisões

Respirei fundo. Não pensei mais neste assunto, e prestei atenção á aula. Chegava de bilhetinhos, chegava de distrações.
Tocou. Chamei o Bill á parte.
- Bro, esses tenis, são mesmo teus, não são?
- Claro, mas porque?
- Então foste tu que..
- Sim, fui eu que te apanhei antes de caires no chão desmaiada Sis!
- Não foi o Tom então?
- Não, não foi o Tom!
- Ia jurar que...
- Mas não! estes ténis são meus sis, desculpa!
Olhei mais uma vez para os tenis e bazei. Fiquei com uma raiva do Tom! Procurei-o na escola. Ao fundo avistei-o.. com uma tipa diferente da ultima com que o tinha visto! Ele não perdia tempo, era incrível! sentei-me num banco até tocar. Ainda não tinha respondido ao Ricky! Ele era tão querido! Era giro, querido, atencioso, querido, simpático, querido, meigo, querido! Ele apoiou-me durante o tempo que estive no hospital... eu ia aceitar! Ele era um sonho de rapaz! Estava decidido!
(No outro lado da escola)
- PSST, anda cá!
- Agora não Bill!
- Agora sim!
- Que é?
- Eu não vou fazer mais isto á Líe!
- Porque? Tens de me ajudar, não quero que ela saiba!!
- Esquece! Ela é demasiado fixe para ser enganada! eu adoro a miuda, não lhe vou mentir por ti! Não fazes por merecer isso!
- Porr* Bill, não me foda*!
- Tem de ser, vou para as aulas, e tu também! E está decidido, não te vou continuar a ajudar com esta treta!
E seguiu para as aulas.

27 Capitulo - Os joguinhos

Entrámos para a sala. desta vez, Bill não tinha os tenis calçados. Esperem... não tinha os tenis calçados ?? Neutral Ele estava com umas botas pretas e brancas da Adidas! Respirei fundo, enxi bem os pulmões.
- Também já reparei Líe!
- Óh Daníe, eu tenho a certeza que as botas não são dele!
- Também eu! Eu falo com ele no próximo intervalo, não te preocupes mais!
- Obrigado!
Contava os minutos, os segundos que faltavam para o fim. De vez em quando a Kat dava-me um pontapé por baixo da mesa para parar quieta com o pé, e a Daníe olhava para mim em jeito de sossego. Pus-me a pensar em coisas que nada tinham a ver para a aula. Mas a professora fez-me sair do reino dos sonhos batendo com o livro na minha mesa.
- 10,9,8,7,6,5,4,3,2,1, TOQUEE! - pensei.
Daníe saiu primeiro que todos, e Bill seguiu-se. Pisquei o olho á daníe, e ela retribuiu com um sorriso. Ela sabia que era um Boa sorte, e eu sabia que era um Obrigado.
Esperei por ela á porta do bar. Eis que passa o estúpido do Tom.
- O que faz a minha princesa aqui sozinha ?
- As moscas falam! Que giroo, não sabia!
- Estás á espera da Kat não é?
- Ainda por cima as moscas conhecem o nome das minhas amigas! Bem, que evolução! - disse gozando.
- Ouve lá miuda - disse ele agarrando-me o braço- vê se páras de uma vez com esses teus joguinhos! Já chega entendes ? Estás a deixa-me fora de mim!
- A sério ? Que pena!
- Estás mesmo a irritar-me! Ouve babe, chega de joguinhos mesmo! Essas tacticas comigo não funcionam!
Dei-lhe um beijo de poucos segundos nos lábios.
- Se calhar, os meus começam a resultar contigo... bebé!
E saí, sorrindo. Não tive tempo de dar mais que dois paços, sem ver a Daníe e o Bill virem na minha direcção.


(pronto, agora já tenho os cap's ao mesmo tempo que no outro forum ^^)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Ter Jun 10, 2008 12:28 am

fogo q confusao a dos tenis, tou mesmo barallhada scratch

continua Lili n pares amiga O^^O tou me a divertir bastante Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Ter Jun 10, 2008 12:55 am

AAAAAHHHH eu tava a gostar tanto dos 3 capitulos de cada vez ! Podias continuar a fazer ou mesmo! Ou agora podias passar a por 4 *_____* *olhinhos brilhantes, beicinho, de joelhos, cara de forgotten children*

Qero mais !!!!!!!!!! Opá qero mais, mais *______*

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Ter Jun 10, 2008 5:02 pm

Capitulo 28 - As revelações

Bill vinha com uma cara aflita, mas Daníe vinha sorridente.
- Líe, eu disse-te ! Os tenis não eram dele!
- Desculpa Sis!
- Bill, não me mintas mais então! Diz de uma vez, de quem são os ténis? Quem é que me apanhou? Quem é que se preocupou comigo?- implorei eu! Chegava de mentiras, de histórias.
- Foi o Ricky! - dizia Tom aproximando-se de nós.
- CALA-TE! Bill, diz-me, quem foi ? - pedi novamente.
- Tom, CHEGA! Ela tem razão! Admite que foste tu! Admite que ela te tira do sério, que estás caiídinho por ela! - dizia Bill.
Todos ficámos a olhar para o Tom com cara de espanto. Mas não mais espantados que ele.
- Cala-te Bill! Tens razão, fui eu que a ajudei! Tava lá imensa gente, mas fui o primeiro a correr para ela, calhou! Mas não, não gosto dela! Ela tem a mania, acha que todos conseguem cair aos seus pés!
- DESCULPA?? Tu é que és assim Tom! - doeu. Doeu mesmo muito. Ele gritou praticamente que não me amava! O meu coração tinha-se partido aos pedacinhos.
- Prontos, como queiras! Agora tu Bill! Custa muito dizeres á daníe que o gajo das mensagens és tu? tens medo da reacção dela é ? - ripostou Tom.
- Pronto Tom! Há-des sempre estragar tudo! Que insensivel! - puxei comigo a Daníe e fomos embora.
Não sei como ficou o clima entre os manos, mas a Daníe estava chocada, e eu despedaçada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LittleBilla
Moderadora
Moderadora
avatar

Número de Mensagens : 540
Idade : 24
Localização : Well, o Bill e eu sabemos e isso basta (;
Membro preferido: : Bill Kaulitz (L' - My Life
Música/Video : A Don't Jump 'e a mais especiale (L' mas amo todas :')
Sou fã desde: : 28 de Setembro de 2007 (L'
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Ter Jun 10, 2008 7:59 pm

e....?OMG!maissssssssssssssssss!eu quero mais!muito mais!*___________________________________________* continua Gé!!!!!

_________________



Always know that you shine brighter than anyone does...<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel.forumotion.com/
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Qua Jun 11, 2008 1:15 am

OMG bem o Tom descoseu-se ai maezinha vai haver bronca e das grandes ... ups silent

Lili please posta mais fofinha BITTE Smile tou a amar a tua fic, está a ficar very very interesting do best ^^ principalmente agora por causa do assunto Danie e do Bill, agora é q vai ser eheh!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Qua Jun 11, 2008 10:37 pm

Capitulo 29 - O abraço

Mais uma amanhã, esta não tão boa.
Seria que os Kauliotz tinham feito as pazes ? ou por outro lado, continuavam zangadas pelo que aconteceu? Só havia uma maneira de saber, ir para a escola.
Banho, vestir, pequeno almoço, dentes, sair.
Pelo caminho, eu e a Daníe, olhávamo-nos entre olhares preocupados e culpados.
Uma vez chegadas á escola, vimos o Tom numa ponta, e o Bill noutra.
- Sim Daníe, também sinto o peso na consci~encia.
- Vou falar com o Bill. Pobrezito!
- Espera! Quanto ás sms's...
- Ah, pois, isso! Sabes que mais? O Bill é lindo. Tanto por fora como por dentro. Sabes o que sinto. Por mim, beijava-o agora! Olha, repara como ele fica lindo com aquela expressão cabisbaixa! Que amor! estou mesmo apaixonada mãezinha!
- Ai Daníe, minha menina. Vai lá ter com o teu Bill'y!
- Mas e tu ?
- Não tás á espera que fale com o Tom, quando o que mais quero ´esquecer que ele existe, ou tás ?
- Tou Líe!
- E eu também! - afirmou Kat aparecendo a meio da conversa.
- Mas...
- Não, nem mas nem meio mas, eu vou falar agora com o Bill, tu vais falar com o Tom!
- E eu vou atender a chamada do Nuñez! Até já babes.
- Bye Kat.
Assim lá me dirigi ao encontro daquele ranhoso. Tava com um arzinho mesmo triste! seria por causa do irmão ou por não ter nenhuma rapariga ao seu lado?
- Hey, estúpido!
- Olha, queres bifes tu! Que foi? - dizia-me, olhando para mim de alto a baixo com algum desprezo.
- Fogo, és mesmo incrivel! Eu vinha falar contigo numa boa, mas pronto, eu bazo, fica lá a falar cokm os teus botões anormal!
Levantou-se e agarrou-me o braço.
- Não vás! - virou-me de frente para ele e abraçou-me. A minha cabeça tocava-lhe no peito. O tão desejavel peito. Aquele abraço. Tão quente, tão perfumado, tão amigo, tão puro, tão sincero, tão querido, tão querido. Era, sem dúvida, um abraço destes que desejava ter sempre por perto. Retribui. Com uma mão apenas, segurei a sua t-shirt, enquanto a outra garrava os cadernos. Ele apertava-me, e não me queria largar. Os seus braços em volta dos meus ombros, a empurrarem-me contra si.
- Nãoo vás, nunca! -disse-me com uma voz tremula.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Qui Jun 12, 2008 12:40 am

aiiiiiiiiiii rapariga mataste me ao parares ai, puxa vida n faças isso Bitte

queo mais (bechinho) O^^O tão fofinha a fic <3 amo esta fic
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Sex Jun 13, 2008 1:43 am


áá
Capitulo 30 - A conversa

Apertou-me com mais força. Agarrei-lhe a t.shirt com mais força.O seu abraço tão quente, tão reconfortador.
Senti as suas pernas termer, os seus braços perderem força, a sua cara suar. Caiu sentado no banco.
- Hey Tom, Tom, o que foi? Estás bem ? Tom?
- Calma! está tudo bem babe. O Bill! Ele e a Danníe, estão bem! O Bill quando beija uma gaja deixa-me assim! - dizia soltando um sorriso.
- Bem! Assustaste-me a valer parvo! - sentei-me ao seu lado e pus as mãos na cara.
- Eu sei babe, eu sei.
- Tão estúpido. - virei a cara e encontrei a sua perto da minha. Os seus lábios carnudos, o seu piercing sexy, o seu corpo repleto de abdominais, as suas mãos a percorrerem-me o pescoço, os seus olhos semi-cerrados.
- Tom, não! - disse afastando-o cuidadosamente.
- Porque não ? - olhava-me turnurento e duvidoso.
- Porque.. porque não quero ser mais uma! Tu sabes o que sintoi por ti, não te aproveites disso, por favor! Já estou a tentar esquecer-te, se começas assim não dá!- disse-lhe, sentando-me de costas para ele. Ele foi aproximando a sua cara, até ficar com os seus lábios perto do meu ouvido, de maneira a ouvir a sua respiração, que por sinal, um pouco acelarada.
- E se eu te disser, que já não quero que me esqueças?
- É-me igual. Por uma noite, vais querer que não te esqueça, para o resto dos tempos, vai desejar que nunca mais te ponha a vida em cima!
- Mas eu falei com o Bi...
Tocou e corri para as aulas. Se ele me disse-se mais alguma coisa, ou até mesmo eu voltasse a falar, iria chorar de novo, e não queria que fosse essa a ideia que ele teria de mim. Esperei pela professora á porta da sala, junto dos outros.
- é que nem penses que desta vez a conversa acaba quando tu queres! - dizia Tom puxando-me pelo braço, até fora da escola.
- Tom já fala-mos tudo o que tinha-mos a falar!
- Não falamos não Babe! Se tu já disseste tudo o que tinhas a dizer, bom para ti! Agora sou eu Líe!
- Puff, como se tivesses algo muito importante para dizer. Vá fala lá então!

Capitulo 31 - O espirro


- Ham... Ok, secalhar é melhor esqueceres!
- 'Tás a guzar comigo , certto Tom? NÃO ME TROUXES-TE CÁ PARA BAIXO PARA NADA POIS NÃO? AINDA POR CIMA ESTAMOS A FALTAR ÁS AULAS!
- Cala-te! Mas queres ser apanhada pelo Sr. Jeremy?
- Ai, Pois :S
- Olha, bonito serrviço, CORRE!
Começámos a correr pelo pátio, até encontrar-mos um sitio em que ele não nos visse. Estávamos bem lixados! Ía-mos para o concelho e depois tinha-mos de...esperem...ele estava a agarrar-me a mão? Que querido! ok, ele só me estava a puxar, para que corressemos ao mesmo ritmo, mas.. ele tinha umas mão tão grandes e suaves.
Saltámos para trás do arbusto, do campo dos berlindes, como os miudinhos do 5º lhe chamavam. Sim, a escola era do 5º ao 12º, grande seca né?
Mas, este esconderijo, não tinha sido boa ideia, eu era alergica aquela porcaria, pelo menos devia ser, estava a ter uma enorme vontade de espirrar.
- Psssiu, agora não babe! - dizia Tom pondo a sua mão em frente da minha boca. Ergui a cabeça e olhei para cima, de maneira a conseguir vê-lo. Estava sentada no meio das suas pernas. Os nossos olhos cruzaram-se, e ficaram presos no olhar um do outro durante algum tempo. Como se o tempo tivesse parado. Os lábios começaram a aproximar-se e os olhos a semi-cerrarem-se outra vez... até que desviei a cara e...
- ATCHIIM!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Sex Jun 13, 2008 3:01 am

eheheheh a ultima parte tá de mais, gostava de ver a cara do Tom O^^O

continua fofinha queo mais Razz

tá linda já tinha dito e digo de novo O^^O
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Sex Jun 13, 2008 3:03 am

Awwwww q nervos!
Maldita alergia!!!

Acaba com o meu sofrimento e posta xD
Peeeerv! Eu exijo mais *_*

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
Nana
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 597
Idade : 25
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Sex Jun 13, 2008 3:51 am

xD ai q cena hehe

"Atchiim"
Amava ver a cara do Tom x)

Continua bitte

_________________
Everything comes to an end...It was nice to meet ya'll~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liliana.
Forever Addicted
Forever Addicted
avatar

Número de Mensagens : 209
Idade : 24
Localização : Zimmer 483 c/ roupa do Tom no chão ;P
Membro preferido: : TOM KAULITZ!
Música/Video : Reden / Spring Nicht
Sou fã desde: : 16 de Março de 2007
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Sab Jun 14, 2008 1:29 pm


Capitulo 32 - A tentativa de escapatória


- Quem quer que seja, saía já, ou vai ter graves e sérios problemas com o Concelho executivo! - alertava o Sr. Jeremy. Encarregava-se de enviar todos os alunos para as respectivas aulas, caso quisessem faltar.
Tom saiu de trás do arbusto, empurrando-me para o sitio dele, demodo a ficar mais escondida.
- Era eu!
- Não eras não. Era um espirro demasiado suave para ser teu!
Saí também de trás do arbusto.
- Era eu, desculpe!
- Venham comigo para o concelho~, agora vão ser avisados os vossos pais ! - este gajo adorava exagerar.
- Hey, Calma contigo. Eu sou famoso, e não sei se sabes, á minima coisinha posso-te lixar!
- Aii, este menino, que querido.. então anda tu comigo. - dizia, puxando-me o braço.
- Hum Hum. - interviu o Tom.
- Ah pois... fiquem lá os dois então, mas eu não vos vi sim? - e foi-se embora. O Tom afinal sempre servia para alguma coisa.
- Obrigado, agora é melhor irmos para as aulas. - dizia, tentando escapar á nossa conversa
- Espera, não acabamos a conversa.
- Eu achei que sim.
- Mas estás enganada. Ainda há pouco, atrás do arbusto... - a sua mão tocou no meu rosto, deslizando até ao meu ombro, seguida sempre pelo meu olhar - onde íamos?
Fechei os olhos e respirei fundo.
- Não sei. - disse com uma voz tremula, e pernas a termer como duas varas verdes.
- Mas sei eu.
- E iamos onde então ? - disse-lhe olhando fixamente para o seu piercing, enquanto ele o mexia com a lingua.
chegou-se perto de mim, e agarrando-me o pescoço, fazendo-me agarrá-lo pela t.shirt, sussurou-me carinhosamente.
- Íamos na melhor parte do meu dia!

Capitulo 33 - O beijo


Melhor parte do dia dele ? Do dia ??
- Tom, secalhar é melhor falarmos noutra altura! Não quero ser a melhor parte do DIA de ninguém!- disse afastando-me um pouco. Ele olhou-me nos olhos e voltou a puxar o meu corpo para perto do seu.
Se não páras, daqui a bocado quem te beija sou eu doce! - pensei. Era impossível resistir aquele rapaz.
- Então não sejas a melhor parte do meu Dia, se a melhor parte da minha noite, da minha semana, do meu mes, do meu ano... - fixou novamente o seu olhar no meu - o melhor da minha vida! - e beijou-me. Não consegui ficar indiferente aquelas palavras e, como é indubitavel, beijei-o também. Desta vez soltei os cadernos e abracei-o, enquanto ele me agarrava fortemente pela cintura. Aquele sim, um beijo diferente dos outros que tinham sido dados na outra noite. Estes pareciam ser sem segundas intenções.
Abraçando-o, tão fortemente como ele a mim, encostei a minha cabeça ao seu ombro.
- Que quises-te dizer com isto tudo? Uma táctica de me levares outra vez para o teu quarto? - sussurei-lhe.
- Essa noite foi no teu, eu lembro-me! Mas não, não é!
- Então é o quê?
- Uma oportunidade de ser feliz. -
disse-me, no meio de todos estes sussurros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 15, 2008 1:10 am

Oh *_________* Q fofos!!!

MAIS PERV, MAIS *___*

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
nobody >.<
Addicted
Addicted


Número de Mensagens : 159
Idade : 29
Data de inscrição : 21/05/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 15, 2008 2:06 am

uauuuu q linda, tao cutxis O^^O

queo mais bitte

so cutie o tom a ser carrinhoso, que coisinha mais fofa O^^O
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LittleBilla
Moderadora
Moderadora
avatar

Número de Mensagens : 540
Idade : 24
Localização : Well, o Bill e eu sabemos e isso basta (;
Membro preferido: : Bill Kaulitz (L' - My Life
Música/Video : A Don't Jump 'e a mais especiale (L' mas amo todas :')
Sou fã desde: : 28 de Setembro de 2007 (L'
Data de inscrição : 20/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Dom Jun 15, 2008 10:59 pm

ohhhhh taum fofaaaaaaaaa *________________*
quero mais *___*

_________________



Always know that you shine brighter than anyone does...<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel.forumotion.com/
Digi .
Fundadoras
Fundadoras
avatar

Número de Mensagens : 717
Idade : 25
Localização : Cantanhede (Coimbra)
Membro preferido: : Tom Kaulitz aka. The SexGott xD
Música/Video : Reden, Heilig, Monsoon / Spring Nicht, 1000 Meere
Sou fã desde: : Junho de 2007
Data de inscrição : 19/04/2008

MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   Qui Jun 26, 2008 1:11 am

oh perv!

MAIIIS *_*

_________________


Tom Kaulitz <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://darkprincess-justme.hi5.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Vem comigo bebé, vem e sê feliz   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Vem comigo bebé, vem e sê feliz
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Carta de um bebê
» Feliz dia do Músico!! versão para Baixistas!
» Começar de novo, e contar comigo, vai valer a pena?
» Fica comigo
» Tokio Hotel Com Bebês

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Imagination Area :: Fan Fiction-
Ir para: